Revista de Turismo do Nordeste

, / 0

Seguro Saúde Não Viaje Sem! A Conta Chegou!

SHARE

45 dias depois de nossa filha ter feito uma cirurgia de apêndice, a conta chegou $ 30,720.00, assim mesmo vírgula depois ponto, nosso seguro pelo qual não pagamos nada, como já dissemos no post seguro saúde não viaje sem, que é fornecido pelo nosso cartão de crédito, pois compramos as passagens com ele, o que nos dá uma cobertura de $ 30,000.00 (trinta mil dólares) por 60 dias após a partida, cobrirá a despesa, cabendo-nos apenas $ 720.00, que ainda pode ser dispensado, pois conforme nos informou o seguro, eles costumam negociar para que o segurado não tenha que pagar nada, ou pague o menor valor possível.

Uma cirurgia relativamente simples, com 5 dias de internação, pois a apêndice havia explodido, termo usado aqui, havendo a necessidade de permanecer no hospital para um melhor controle da infecção custou isso tudo, imagine uma coisa mais complexa.

Passado os 60 dias de nossa chegada aqui nos Estados Unidos, contratamos outro seguro viagem, como disse a cobertura do cartão é de 60 dias. Nosso filho teve uma torção no joelho e recorremos a esse seguro, o pago, completamente diferente, o atendimento péssimo, desorganizados, o hospital ou melhor a clínica para qual nos encaminharam umas 2 horas depois do acontecido, demorou mais de 4 horas para começar o atendimento, isso depois de uns 40 minutos de espera e ligações para a seguradora pra que mandassem o fax garantindo o pagamento, pois quando nos encaminharam para a clínica disseram que assim que chegássemos lá, já estariam nos esperando, nada, recepcionista super mal educada, e nada de autorização, 6 horas após termos chegado na clinica saímos de lá com nosso filho de joelho imobilizado, sem terem dado nem um tylenol para que passasse a dor. Ele não pode tomar outro medicamento pois é alérgico a anti-inflamatório, a enfermeira que botou o imobilizador, fez daquele jeito, mal e porcamente, estava mesmo era com vontade de ir embora, pois a clínica já havia fechado, e só fomos atendidos porque perdi a paciência e dei uns gritos com o primeiro que vi na minha frente, acho que haviam nos esquecido dentro do consultório.

Vamos voltar em outro hospital para que seja revisto como está o joelho dele. Não vamos dizer por enquanto qual o seguro que fizemos, pois pode ter sido um engano qualquer, mas vamos ver os próximos atendimentos, se continuarem assim vamos ‘botar a boca no trombone” ou os dedos nas teclas.

Pesquise muito antes de escolher sua seguradora, a opção do cartão é excelente, pois você já mantém uma relação comercial com eles, o que faz com que o atendimento seja muito bom, o nosso foi. Lembre-se viajar sem seguro nem pensar pois a conta sempre é muito alta, por mais simples que seja o ocorrido. Através do email podemos dar maiores informações das seguradoras que estamos trabalhando. a do cartão, gratuita e que foi excelente e a que estamos agora que por enquanto está sendo péssima.

PASSWORD RESET

LOG IN